Acabamento gráfico ou pós-impressão

Antes de chegar à impressão de fato do material gráfico, é comum surgirem dúvidas sobre o tipo de acabamento a ser escolhido, já que há uma grande variedade de possibilidades com as quais muitas pessoas têm pouca ou nenhuma familiaridade. Dobra, corte e vinco são palavras facilmente compreendidas, mas hot stamping, empastamento e wire-o não são termos tão populares.

Realmente existem diversas opções de acabamento gráfico no mercado brasileiro, alguns bastante conhecidos e comuns, outros mais nobres e diferenciados. A bhgráfica conta com um amplo parque gráfico para realizar os principais acabamentos existentes no mercado e deixar seu material com uma apresentação incrível.

Serrilha

A serrilha é uma espécie de picote feito no papel para que uma parte possa ser destacada, que pode ser posicionado tanto no topo do material quanto na lateral, sempre respeitando as margens de segurança para não haver problemas. Este tipo de acabamento é bastante...

ler mais

Furo

Como o próprio nome diz, este acabamento consiste em furar uma parte do material impresso, no intuito de criar produtos como tags, etiquetas de roupas, lembrancinhas ou qualquer outro que será utilizado amarrado ou pendurado em algo. O posicionamento do furo...

ler mais

Talão

Esse acabamento era o principal serviço das gráficas tradicionais algum tempo atrás. Porém, como atualmente as notas fiscais em papel estão em desuso, o talão vem perdendo espaço no mercado. O serviço consiste em aplicar numeração, picote de algumas vias, colagem da...

ler mais

Numeração

Um serviço atualmente pouco procurado, por isso geralmente nem consta nas listas de preços das gráficas. No caso de cartões com acabamento em verniz total, a numeração pode ocorrer apenas no verso. Já no caso de panfletos, a numeração pode ser na frente ou no...

ler mais

Dobras

Dobra automática: Muito utilizado em materiais como revistas, livros e folhetos, o acabamento é feito de maneira automatizada em papéis de baixa gramatura, em equipamentos bastante velozes, o que permite um baixo custo. No caso de papéis mais grossos, geralmente acima...

ler mais

Bloco

O bloco é um acabamento bem simples, mas pode ser considerado um diferencial, já que são poucos os distribuidores gráficos que trabalham atualmente com este material. A forma de encadernação é por meio de cola, de forma a unir folhas soltas de maneira organizada,...

ler mais

Empastamento

Este acabamento consiste em uma colagem que une duas partes de papel em um miolo de cartão, com o objetivo de criar uma capa dura. É bastante utilizado na confecção de displays, capas de cadernos e suportes para copo conhecidos como bolachas de...

ler mais

Lombada quadrada

Outro tipo de encadernação, na lombada quadrada o miolo pode ser colado de diferentes maneiras. Tradicionalmente utilizava-se costura ou tela, mas hoje em dia os métodos mais utilizados são colas, como PUR ou Hot Melt. Cola: Utilizadas em um processo feito com o...

ler mais

Wire-o

Considerado uma evolução do espiral, no sistema wire-o o suporte espiralado é um duplo anel feito de aço e os furos possuem formas diferenciadas, geralmente retangulares ou quadrados. Permite a utilização de papéis com gramatura maior ou, ainda, outros materiais, como...

ler mais

Espiral

Esta é uma das técnicas mais utilizadas para encadernações, bastante utilizada em materiais didáticos e apostilas, principalmente por ser um material relativamente econômico, onde são realizados furos mecânicos nos papéis, incluindo a capa. Em seguida, o espiral,...

ler mais

Grampo canoa ou a cavalo

Também chamado de grampo em sela ou cavalete, é um tipo que permite que depois de grampeado o volume seja aberto de forma plana. O nome desse grampo se dá por causa da forma “encavalada” que os cadernos são colecionados. O número de páginas deve ser múltiplo de quatro...

ler mais

Encadernação com costura

Este é um método utilizado para impressos com mais de 200 páginas, desde que o total seja um múltiplo de quatro. A costura serve para unir cadernos, de forma que as páginas fiquem presas por uma linha e não se soltem. As folhas dos cadernos são unidas por costura na...

ler mais

Laminação e Plastificação

Laminação brilho: Utilizada basicamente com o intuito de propiciar aos impressos mais resistência à umidade, o método de laminação consiste na aplicação de um filme plástico sobre o papel por meio de uma mescla de calor e cola. O processo passa por temperaturas altas...

ler mais

Hot Stamping

Método parecido com o do verniz localizado, consiste na aplicação de uma camada em uma área específica do impresso. A diferença é que é realizado por transferência térmica. No processo, o clichê não recebe tinta como na tipografia, ele é aquecido e depois pressionado...

ler mais

Verniz localizado

Utiliza-se o silk-screen para a aplicação, de modo que o verniz seja aplicado apenas em uma área específica. Normalmente é utilizado junto da laminação fosca, com a intenção de gerar um melhor acabamento, que resulta em um material mais encorpado e com brilho somente...

ler mais

Verniz total

Verniz total brilho: Bastante requisitado, serve para valorizar o material, dando um ar mais sofisticado ao impresso, já que proporciona mais lisura e brilho. Aplicado em papel cartão ou couché, é conhecido como verniz UV total, já que seu método de secagem é por meio...

ler mais

Bordas arredondadas

Opção geralmente utilizada em cartões de visita, com o intuito de criar um efeito diferenciado no visual e, principalmente, facilitar o manuseio do produto. O corte de bordas arredondadas não exige a confecção de uma faca especial, por isso seu custo é baixo. O mais...

ler mais

Corte a laser

Um sistema mais moderno é o que utiliza laser CO² para corte e gravação em papel, cartão ou cartolina. O processo não exige contato da máquina com o papel, por causa disso não danifica os materiais, mesmo os mais sensíveis. O corte a laser possui uma precisão bastante...

ler mais

Corte especial

O termo é utilizado para designar os acabamentos que exigem lâminas específicas (facas de corte), cujo fio precisa ser cuidadosamente calculado, já que espessura, altura e ângulo de corte interferem no resultado final do produto. O corte especial garante a...

ler mais

Corte e vinco

Utilizado especialmente em embalagens e materiais personalizados, promove um corte diferenciado e permite a adição de dobras ou picotes. Feito em um equipamento a parte após a impressão e o refile, serve para a personalização do material, o que exige regulações e...

ler mais