Designer Gráfico ou Arte finalista

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Designer Gráfico ou Arte finalista:

Definição: profissional que desenvolve e finaliza tecnicamente uma peça de design ou publicidade para o fim a que se destina, impressão digital, offset, serigrafia, jornal, revista. Pois o seu suporte, acabamento, cores e execução pode influenciar tecnicamente o resultado final.

Arte-finalista ou designer qual escolher?
O profissional escolhido dependerá muito dos objetivos de cada cliente.

Cliente de porte pequeno e queira fazer uma divulgação rápida, poderá ser muito bem atendido por um bom arte-finalista. Quanto mais pagar, maior a chance de conseguir bons profissionais. Ele pode até tentar fazer o trabalho com um designer, mas deve ter em mente que o custo será bem maior e dependendo do tipo de negócio do cliente pode se tornar inviável.

Clientes de porte médio, já começam a demandar por serviços de designer, principalmente quando planejam a montagem ou expansão do negócio. Neste trabalho será idealizado a apresentação da empresa, inclusive na construção do estabelecimento, toda programação visual e gráfica e as estratégias de divulgação. O próprio designer irá demandar o serviço de um ou mais arte finalistas, para desenvolver as ideias propostas para o cliente. O designer é especializado em ter ideias e o arte finalista em operar os programas.

Clientes de grande porte contratam agencias de design e publicidade, entregando grandes cifras para serem administradas na divulgação de seus negócios. Tudo na área de divulgação e design fica por conta destas agências.

Os serviços podem variar de simples a complexos e sempre haverá o profissional adequado para o porte do serviço. Arte-finalistas são sempre bem-vindos nos trabalhos simples, atendendo uma grande massa de clientes de pequeno porte. Este cliente tem expectativas compatíveis com os resultados apresentados por estes profissionais.

Ambos profissionais devem ficar cientes de suas limitações. Não adianta um arte-finalista se apresentar como designer e frustrar seu cliente. Do mesmo modo, o designer não deve tentar disputar o mercado dos arte-finalistas. Devemos lembrar que o arte-finalista entrega o seu serviço em poucas horas de trabalho e o designer leva vários dias na conclusão de um projeto.

O que é um Arte-finalista? Toda gráfica mantém um ou mais profissionais treinados para receber o arquivo do cliente e verificar se está preparado para impressão ou não. Este profissional é o arte-finalista. Ele tem conhecimentos básicos da utilização de um ou mais programas gráficos.

Ocasionalmente, este profissional está habilitado a desenvolver arte finais simples para atender pequenas demandas de serviços. Ele possui o conhecimento da utilização do programa, pois fez cursos rápidos dos aplicativos gráficos, mas não fez uma universidade específica de design ou de desenho industrial ou mesmo de publicidade ou marketing.

Podemos esperar deste profissional apenas o básico. O lado criativo vai muito do perfil pessoal de cada pessoa e, neste caso, não foi devidamente desenvolvido.

Há vários campos em que um arte-finalista deve ter conhecimentos, como a paginação, a pós-produção de imagem, a leitura e desenvolvimento de desenhos técnicos e noções mínimas de produção, seja esta gráfica ou audiovisual. Hoje em dia é também essencial que se tenha conhecimentos profundos de algumas das ferramentas digitais à disposição, PhotoshopAdobe IllustratorAdobe InDesignFreehandCorelDrawAcrobat.

Normalmente, o fim da linha de um trabalho dentro de uma agência, é o departamento de arte-final, pelo que a margem de erro deve ser nula. Este tipo de responsabilidade deve levar o arte-finalista a ser cuidadoso, rápido e atento ao mínimo pormenor. Por exemplo, num anúncio de jornal os textos a branco sobre fundo de cor ou imagem não devem ser inferiores a 7pts, mas se os mesmos se destinarem a uma revista, com papel de melhor qualidade, poderão ser a corpo 7pts.

O que é um Designer Gráfico? O designer é um profissional que estudou a fundo artes e desenho. Sua formação não foi baseada apenas na utilização dos softwares. Ela foi muito mais abrangente, passando pelas áreas de marketing, publicidade, desenho, psicologia e muitas outras que desenvolveram uma habilidade bem ampla.

O designer não pensa apenas no trabalho gráfico e sim em toda programação visual da empresa de maneira a reforçar a missão e visão da empresa, divulgar seus produtos e atingir metas.

Exemplos de produtos do trabalho de um designer gráfico são as páginas diagramadas de um livro ou uma revista, a configuração visual de uma embalagem, logotipos de empresas e instituições, fontes tipográficas, entre outros. O escopo de sua atividade pode também se estender à reflexão das possibilidades de estruturação visual das mensagens e sua repercussão social: assim como um arquiteto não apenas projeta edifícios, mas também reflete acerca da organização do contexto urbanístico de um assentamento humano, é papel do designer gráfico não apenas desenvolver soluções visuais de comunicação, mas também refletir acerca do atual âmbito de produção e consumo de mensagens. São de relevância para o designer gráfico exercer sua atividade o domínio sobre as tecnologias que lhe servem de ferramenta, e a construção de um repertório visual e de cultura geral amplos.

Ele pensa na sua empresa como um todo e não apenas restrito ao serviço solicitado.